Petrobras Conexões para Inovação

Conexões para Inovação

petrobrasconexoes_chamada_715x328_96dpi.jpg

O Petrobras Conexões para Inovação consiste em uma série de iniciativas pensadas para intensificar a cooperação entre empresas –grandes, pequenas ou micro –e instituições de pesquisa científica e tecnológica para transformar artigos científicos em inovações implantadas. Para aperfeiçoar modelos de fomento àpesquisa e desenvolvimento, a fim de que eles possam contemplar todas as fases do ciclo de inovação aberta. Para alavancar a criação, acelerar o desenvolvimento e dar ganho de escala aos projetos que nascem nas startups e pequenas empresas de base tecnológica do país. Para otimizar os processos de seleção, contratação e acompanhamento de projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) e inovar em modelos de governança de projetos e programas tecnológicos.

Petrobras Conexões para Inovação – Módulo Startups

O Petrobras Conexões para Inovação – Módulo Startups é uma iniciativa de fomento à pesquisa, ao desenvolvimento e à inovação, voltada para startups e micro e pequenas empresas inovadoras.

A primeira ação, que consiste no lançamento de editais de desafios de inovação, visa financiar projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação.

O objetivo é estimular a inserção de startups e pequenas empresas inovadoras em nosso sistema tecnológico, favorecendo a geração de tecnologias potencialmente disruptivas e exponenciais, capazes de acelerar o ciclo de P&D. No Brasil há diversas empresas aptas para entrar de forma competitiva na cadeia produtiva de petróleo, gás e energia.

Um novo ciclo de investimentos

Pela experiência em anos de atuação no apoio às micro e pequeno porte e pela amplitude da rede, presente em todo território nacional, o Sebrae foi escolhido para ser nosso parceiro nessa iniciativa e coordenar o lançamento de editais de inovação voltados a essas empresas.

Os selecionados pelo programa contarão com a expertise do Sebrae durante a execução dos projetos. Os empresários terão acesso a consultorias especializadas para melhoria de processos gerenciais e tecnológicos e posicionamento de mercado, além do apoio intensivo no monitoramento físico-financeiro dos projetos.

Primeiro Edital

O primeiro edital foi lançado em julho de 2019 e prevê o financiamento de até 10 projetos nas áreas de tecnologias digitais, corrosão, catalisadores, nanotecnologia, novas energias e captura e utilização de carbono.

Os valores vão de R$ 500 mil a R$ 1,5 milhão, totalizando até R$ 10 milhões no primeiro edital. Ao longo dos próximos cinco anos, mais editais serão anunciados, contemplando outras áreas de conhecimento.

Quem pode participar?

Qualquer micro ou pequena empresa inovadora brasileira, com ou sem parceria de instituições de ciência e tecnologia credenciadas pela ANP. As inscrições abrem em 1º de agosto e podem ser feitas até o dia 05 de setembro, na página do Sebrae.